11 de outubro de 2017

Para (re)começar, uma música

Décimo primeiro dia do décimo mês de 2017.
Decidi mudar novamente esse blog, será batizado com uma afirmação que empreguei a mim mesma - pela primeira vez - em 2012. 
Desde aquele ano, brincava: Falta-me foco, apenas isso. Com esse blog decidi investigar por postagens - que não sei muito bem o que vão explorar - essa minha falta de foco para chegar a uma resposta (ou mais de uma) para a seguinte pergunta: Falta-me foco, o.k, mas falta apenas isso?
Continuarei com postagens sobre livros, resumos dos meses e assuntos que me interessam, pois uso esse espaço como um diário virtual e por enquanto, gosto de registrar alguns pedacinhos de meu cotidiano.
Reinauguro esse blogue com uma música que significa muito e que sempre me levanta [e hoje o que preciso são das mãos estendidas desse trio]





10 de outubro de 2017

[Exposição] LIVROS INFANTIS VELHOS E ESQUECIDOS na Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin até 30/10


Originalmente publicado em https://www.bbm.usp.br/node/272

A exposição ficará aberta para visitação no período de 04 a 30 de outubro de 2017.
O evento é gratuito e aberto ao público.

          Ao longo da segunda metade do século XIX, os livros especialmente destinados ao público infantil conquistaram espaço em meio ao movimento de expansão das editoras europeias. Antologias de contos de fadas, obras literárias “adultas” adaptadas para crianças, livros escritos e ilustrados segundo o que se considerava adequado para a jovem audiência, explorando caminhos para encantá-la e, não raro, também educá-la. Coleções em formatos diferentes e livros avulsos na seção que integravam a seção infantil dos catálogos das livrarias ganhavam capas atraentes, gravuras coloridas, tipos de fácil leitura enquadrados em delicadas molduras. As narrativas literárias conviviam com obras com dicas práticas de “coisas para fazer” – cabanas na mata, barquinhos de papel... O próprio livro por vezes apresentava-se como brinquedo, para colorir, para recortar.
          De diversas maneiras, na mala de viajantes, no baú de comerciantes, nos catálogos de livreiros ou nos gabinetes públicos de leitura, muitas dessas publicações chegaram ao Brasil dos Oitocentos, em português, em francês, em inglês ou alemão... Eram livros importados, escritos, ilustrados, traduzidos e editados no exterior.
          Mas não tardaram a despontar, nesse cenário, os primeiros livros para crianças elaborados no Brasil – traduções ou adaptações de obras estrangeiras por escritores aqui estabelecidos e, pouco a pouco, obras escritas por autores nacionais. O Rio de Janeiro, então capital, sede da Corte Imperial até 1889, e depois da nascente República, ocupou um lugar central nessa atividade.
          Os exemplares reunidos nesta exposição revelam algumas das preciosidades oferecidas ao público nesse período. Casas como Garnier, Laemmert, Livraria do Povo e Francisco Alves editavam obras em diversos formatos, aproximando crianças e jovens leitores brasileiros, mesmo que de forma incipiente, de narrativas de grande sucesso na Europa. Seguindo a antiga fórmula docere et delectare, os leitores tinham acesso às ideias mais recentes sobre descobertas científicas e invenções, além de se divertirem com os novíssimos álbuns ilustrados.

2 de setembro de 2017

Retrô: 3º bimestre de 2017

Bimestralmente irei registrar o que assisti, li nos meses anteriores. 

Maio

LEITURAS


Muitos textos para a faculdade, artigos, capítulos de livros para seminários e trabalhos, porém, consegui fazer leituras por prazer, foram essas:

Onde tem bruxa tem fada, Bartolomeu Campos Queirós e Suppa: eu tinha muita, muita vontade de ler essa famosa história de Bartô! Finalmente, li e AMEI!
Outros jeitos de usar a boca, Rupi Kaur: não amei o livro, mas gostei muitíssimo de alguns poemas que me emocionaram bastante. Um livro se voltar várias vezes.
Corpo de Bailarina, de Sébastien Perez e Justine Brax: narrativa infantojuvenil sobre uma menina que decide parar de comer para manter um "corpo de bailarina" a qualquer custo, traz boas reflexões! 
Sequestro em Urbana, de Severino Rodrigues, narrativa curta de suspense excelente para jovens leitores! Tem aquele gostinho d'Os Karas, sabe?


ASSISTIDOS

Resultado de imagem para anne with an e
Anne - 1ª Temporada (Anne With an E (Season 1), 2017)  ♥♥Quando bati os olhos em Anne Shirley, me encantei e foi amor ao primeiro episódio! Ri, chorei, vibrei! A próxima etapa é ler o livro ^^
Os Simpsons: O Filme (The Simpsons Movie, dirigido por David Silverman, 2007) ♥♥ 
Bones (10ª Temporada) ♥♥Quero mais!
Cara Gente Branca - 1ª Temporada (Dear White People - Season 1, 2017) ♥♥Quero mais! [2]
O Núcleo - Missão ao Centro da Terra (The Core, dirigido por Jon Amiel, 2003) ♥♥ Pra passar o tempo, rs. 


1 de julho de 2017

Retrô: 2º bimestre de 2017

Bimestralmente irei registrar o que assisti, li nos meses anteriores. Vem comigo!?!

Março

Leituras

Casa organizada, de Thaís Godinho
Jeremias aprende a ler, de Jo Ellen Bogart Um dos melhores livros infantis que li na vida :)
A importância do ato de ler, de Paulo Freire

Novos na Estante

Livro de março da TAG: A câmara sangrenta e outras histórias, de Angela Carter

Assistidos

Bones (8ª Temporada) ♥♥



30 de abril de 2017

Retrô: 1º bimestre de 2017

Bimestralmente irei registrar o que assisti, li nos meses anteriores.
Simbora para o mês de janeiro e fevereiro?!


Janeiro
Poema do mês...

Nesse mês, curti meu resto de férias, realizei as três provas da segunda fase da FUVEST e até voltar a trabalhar, pratiquei o nadismo, ao mesmo tempo em que morria de ansiedade para acabar o mês e saber se voltaria a estudar! 

Até que rendeu o mês: 


Leituras


Amo tudo o que a Bruna Assis ilustra e escreve: A Menina que Parou o Trânsito, de Fabrício Valério e Bruna Assis Brasil *da biblioteca
O livro imagem maravilhoso: Antes e Depois, de Matthias Aregui e Anne-Margot Ramstein * 
Divertido: O Pum e o Piriri do Vizinho, de Blandina Franco e José Carlos Lollo *

Tem umas páginas engraçadas: Percatempos, de Gregório Duvivier *

Sucesso aqui em casa: Este é o lobo, de Alexandre Rampazo **do meu acervo
Os maravilhosos: Otolina e a gata amarelade Chris Riddell * e O vento de Oalabde João Luiz Guimarães e Bruno Nunes  **
Que HQ incrível: Nimona, de Noelle Stevenson *



Assistidos

Resultado de imagem para bones 2 temporadaBones (2ª temporada♥♥
Bones (3ª Temporada) ♥♥
Bones (4ª Temporada) ♥♥
Essas são as minhas temporadas preferidas, personagens maravilhosos entram e os episódios são muito bons.







Novos na Estante 

Farmácia Literária - minha leitura em doses moderadas. 
O Coração e a Garrafa - lido
Este é o Lobo - lido
Uniforme
Daqui ninguém passa 
As águas-vivas não sabem de si
Suzy e as águas-vivas
Box Grande Sertão: Veredas (minissérie)

12 de abril de 2017

Leitura em imagens #1

Adoro as publicações do LecturImatges: la lectura en imatges, tumblr recheado de imagens belíssimas que retratam o ato da leitura e o mundo dos leitores. 
São páginas e mais páginas de ilustrações, reproduções de quadros magníficos. Decidi trazer essa semana, uma que vi por lá e gostei bastante:


30x40" 2015.
Oléo sobre alumínio

Até uma próxima postagem :)